Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FREGUESIA DE SANTIAGO ALHARIZ - VALPAÇOS

Freguesia do circulo eleitoral de Valpaços

FREGUESIA DE SANTIAGO ALHARIZ - VALPAÇOS

Freguesia do circulo eleitoral de Valpaços

01.09.10

Freguesia de Santiago de Alhariz - Valpaços


AJREIS

 

Santiago da Ribeira de Alhariz

 

Esta freguesia faz parte do concelho de VALPAÇOS e é a antiga freguesia de Santiago de Alhariz, situa-se num contraforte da serra da Padrela, bem exposta a nascente.
Santiago, é das freguesias que tem maior número de anexas: Alvites, Adagoi, (esta aldeia não resistiu a desertificaçã0, já não existe) Amoinha Nova, Campo de Égua, Cancelo, Chamoinha, Esturãos. Parada, Paradela, Sanjosenda, Vila Nova e Vilela.
Esta freguesia e outras que lhe são limítrofes, tais como: Nogueira, Serapicos, Friões, etc., ocupam uma região montanhosa, de clima frio, principalmente na estação de Inverno. Apesar disso, porém, os seus terrenos são bastante produtivos, abundando-lhes as águas e as pastagens, onde se apascentam várias espécies de gado, cuja criação constitui uma das principais fontes de riqueza agrícola destes sítios, os seus habitantes são humildes camponeses de bons costumes e simples, dados aos seus misteres de pequena lavoura e algumas pequenas industrias caseiras.
É perfeitamente razoável aceitar, que por aqui se tenham radicado cruzados, de origem germânica, nos tempos do povoamento de D. Sancho I.

 

ò apóstolo Santiago

santo da nossa afeição

Desce do Céu à terra

Dar-nos a absolvição

 

 

  • Aldeias que compõem a freguesia de Santiago:

 

Paradela, Alvites, Amoínha Nova,

Campo d' Égua, Cancelo, Esturãos, Chamoínha,

Parada, Sanjosenda, Vilela e Vila Nova

 

  • População:

838 Habitantes (censos 2001)

 

Actividades Económicas:

 

Agricultura, pequeno comércio e construção civil.

Festas e Romarias:

 

S. Marinho (2.° domingo de Agosto),

Santa Isabel (Maio),

Santa Ana (25 de Março) e

S. Bartolomeu (24 de Agosto)

Santa Maria Madalena (22 de Julho) Paradela

 

  • Património cultural e edificado:

Igreja matriz, castro de Vila Nova,

(foi classificado oficialmente como imóvel de interesse público)

capelas de Santa Ana (Campo d Égua), de Amuinha,

de Alvite, de Cancelo, de Parada de Vila Nova,

de Vilela, de Estorãos, de Chamuinha,

e de Paradela, fontes e eira comunitária

  • Locais de interesse turístico:

Paisagens naturais e miradouro sobre o vale de  Valpaços com a serra de Bornes e Espanha como limite do horizonte.

  • Gastronomia:

 

Azeite, fumeiro, sopa de castanhas e vinho de mesa,

Artesanato:

(já agora acrescento o folar, que feito por quem sabe é melhor do que é feito na terra quente.

 

Artesanato:

Molhelhas

 

 

Colectividades

 

Associação Cultural, Recreativa e Desportiva de Estorãos (única na freguesia?...)


 

 

 

Santiago

 

Situada a cerca de 11 quilómetros da sede - Valpaços - é uma freguesia bastante antiga freguesia de Sant' Iago de Alhariz era vigairaria da apresentação do cabido da Sé de Braga, no termo da vila de chaves, passando depois a reitoria.

Aqui se faz a transição da Terra Fria (Montanha) para a terra Quente e isso é bem patente pela comparação das culturas existentes por exemplo em Campo d'Égua  e em Cancelo, Paradela ou Parada.

Freguesia de forte tradição religiosa tinha o seu máximo esplendor na  procissão de fé que se realizava em anos de prolongadas estiagem e secas. Esta Procissão saía da sede da freguesia com o andor de Santo Cristo ao mesmo tempo que a da freguesia vizinha Serapicos com  o andor de Sant'Ana e encontravam-se em Campo d' Égua na capela de N. Senhora da Encarnação. Era a procissão ad Petendam Pluviam, única na região e de teor profundamente movido pela fé e também pela penitência.

A procissão «ad Petendam Pluviam» pretende invocar aos santos que providenciem tão almejado tesouro - a chuva, esta só se realizava em tempos de grandes secas. Milagre ou não sempre se fazia regra e chovia mesmo ao ponto dos párocos não permitirem que se abrissem os guarda-chuvas para que se sentisse o milagre.

O povo esse regressava a casa e no espaço de uma ou  duas semanas os campos ficariam verdejantes prontos a brotar os frutos da terra. A Última procissão que se realizou nestes trâmites decorria o ano de 1945 tendo sido o seu pregador o Rev. Padre José Azevedo, então reitor de Vilarandelo.

 

LENDA

 

 

Diz a lenda que no adro da Capela de Nossa Senhora da Encarnação em Campo d' Égua havia um castanheiro,

que dava muitas e boas castanhas, Verificando-se rixas pela apanha dos frutos, tantas que o castanheiro

«milagrosamente» se transformou em carvalho

 

AQUI ESTÁ A CAPELA DE CAMPO D´ÉGUA E O CELEBRE CASTANHEIRO QUE POR MILAGRE SE TRANSFORMOU EM CARVALHO

 

 

Alguma desta informação  foi plagiada, no entanto penso que seja útil para todos aqueles que nasceram nesta freguesia.

AJREIS